Blog UJS Ceará

O blog de política da juventude cearense!

José Serra, o especialista em gripe suína  

Desde o último fim de semana circulam no Youtube vídeos de até 24 segundos com declarações do governador do Estado de São Paulo, José Serra (PSDB), sobre a transmissão da gripe suína e orientações à população para evitar o contágio com a doença. “A gripe suína é transmitida dos porquinhos para as pessoas só quando eles espirram, ou quando a pessoa chega perto do nariz do porco. Portanto, uma providência elementar é não ficar perto de porquinho algum”, receitou o ex-ministro da Saúde da gestão FHC.

O absurdo da desinformação por parte do postulante tucano à presidência do Brasil gerou diversos comentários no Youtube. “É esse que quer ser presidente? Engraçado isso não ter saído no Jornal Nacional, na Folha... Imaginem se o Lula tivesse dito uma coisa dessas...”, comenta o internauta “vinicius1883”.

Apenas em um dos vídeos postados com as declarações, quase 300 pessoas comentaram a desorientação do tucano sobre o tema. “Gripe transmitida dos ‘porquinhos’ para os humanos? Errado! Parece que ele não leu muito sobre o assunto”, afirma a internauta “TvGessulli”.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), a chamada “gripe suína” é uma doença respiratória aguda (por isso o nome gripe), causada pelo vírus Influenza A (H1N1). Este novo subtipo do vírus da influenza é transmitido de pessoa a pessoa, principalmente por meio da tosse ou espirro, e de contato com secreções respiratórias de pessoas infectadas.

Ainda que circulem debates sobre a possibilidade de contágio através da ingestão da carne de porco, ainda não é 100% comprovado esse tipo de transmissão da gripe. De qualquer maneira, as declarações de Serra revelam sua profunda incapacidade de orientação diante da panacéia que a mídia mundial tem feito sobre a gripe do agronegócio.

Essa não é a primeira vez que o governador prova incompetência diante de assuntos relacionados à saúde. Apesar de não ser médico — Serra é economista —, o candidato tucano às eleições de 2010 esteve à frente do Ministério da Saúde de 1998 a 2002. No período, o atual governador enfrentou sérios problemas com um surto descontrolado dos casos de dengue pelo país.

Segundo dados da Funasa (Fundação Nacional de Saúde), apenas em janeiro de 2002 os casos suspeitos de dengue hemorrágica — a versão mais grave da doença e que pode levar à morte — representaram a metade do total dos 12 meses de 2001. O número de mortes acompanhou o de casos: foram 20 só em janeiro de 2002, enquanto que durante todo o ano de 2001 foram 28. Os dados de 2002 referentes a esse tipo da doença foram os maiores desde 1990.

Fonte: Portal Vermelho

MATÉRIAS RELACIONADAS:

2 Comentários:

  • Flavio Vinicius  
    07/05/2009 01:28

    Qi bunitinho exe joge xerra falandu! Eli é tão fofuxo!!!!

  • Sheyza Souza  
    07/05/2009 07:57

    Parece um retardado, com a voz infantilizada e falando esse monte de despautérios. E o cara foi ministro da saúde! Queria ver se fosse o Lula dizendo uma coisa dessas.

NORMAS DE USO DOS COMENTÁRIOS

Comentem as matérias, façam sugestões, elogios ou mesmo reclamações, troquem idéias, este é o lugar para opinar!

Os comentários não serão respondidos por email, só aqui mesmo; se quiser saber se alguém respondeu ao seu comentário, inscreva-se por email no Feed de comentários do artigo, ou então: VOLTE SEMPRE!

Obs.: Os comentários aqui exibidos não necessariamente refletem as opiniões do Blog.