Blog UJS Ceará

O blog de política da juventude cearense!

UJS Ceará realiza reunião da Direção Estadual e lança movimento ao 51° CONUNE  

*Por Ívina Carla

Com a presença de 19 membros da direção além de convidados, a reunião teve como pauta na sexta-feira (24), a organização da entidade. No sábado (25) a UJS cearense trouxe para o centro da discussão a campanha do congresso da UNE, principal batalha deste semestre.

Foram apresentadas propostas de cada secretaria, algumas com reflexões como a pasta de movimento estudantil que abordou a situação do ME no Ceará e apontou como a UJS deve se posicionar para vencer a onda de pessimismo, lutar contra a fragmentação das entidades, a necessidade de aglutinar forças para fortalecer o movimento estudantil e dar maior atenção ao movimento secundarista.

Durante o encontro foi apresentado o planejamento de aniversário da UJS, com propostas de montar revista sobre a história da entidade no Ceará, organizar debate e nos dias 22 de cada mês realizar atividades de apresentação da entidade com panfletagens, passeatas e bandeiraços. “A UJS completará 25 anos forte, tem uma história de combatividade que precisa ser conhecida pela sociedade”, afirmou Niara Farias, secretaria de finanças da entidade.

Para o secretário de organização da UJS, Gerson Menezes, as ações das secretarias e frentes de atuação devem ter uma característica ousada, aproveitando uma agenda extensa de atividades. “É necessário cuidar da militância que é o alicerce da UJS”. Gerson reforçou ainda uma maior atenção na definição das bandeiras de luta, que estejam ligadas à realidade do movimento e se adaptem à perspectiva revolucionária que é a de construção de uma sociedade socialista.

Da unidade vai nascer a novidade

No sábado (25), a Direção da UJS discutiu o Congresso da UNE, a grande batalha desse semestre. Além das eleições dos delegados, as intervenções apontaram para o desafio que a entidade tem que de garantir a participação dos estudantes e um engajamento que tenha retorno positivo para movimento estudantil.

O congresso da UNE é um momento de grande disputa e exige responsabilidade da militância para massificar as bandeiras históricas, como a ampliação das universidades, assistência estudantil, respeito à meia-entrada. “É um processo acelerado e é preciso manter esse fôlego do início do processo e em junho já ter superado a meta”, acrescentou Edilson Cavalcante, presidente da UJS/CE.

A UJS também realizou uma atividade para lançar o movimento “Da Unidade vai nascer a Novidade”, com a presença de uma comunidade acadêmica diversificada: secundaristas e convidados como os jovens de Guiné Bissau e estudantes do interior.

No evento foi reafirmado pelos militantes o compromisso da entidade na defesa de bandeiras do movimento estudantil e que a UJS contribua muito para que UNE tenha caráter plural e aglutinador.

Esteve presente no lançamento o Secretário de Saúde do Estado, João Ananias, que reforçou o respeito e admiração que ele tem pela UJS por ser uma entidade séria e que tem responsabilidade com os estudantes, sempre travando o debate e apontando soluções para o desenvolvimento do país.

Rudiney de Sousa: “É preciso fortalecer as bases no Congresso da UNE para reforçar a luta no Ceará”

Rudiney de Souza, estudante da UECE e UFC, foi eleito no último congresso da UNE diretor regional para um mandato de dois anos. Em entrevista ele falou sobre o novo processo de delegados ao Congresso da UNE, o desafio de reconstruir a UEE e reforçar as bases do movimento para participar de forma ativa da Conferência Nacional de Educação.

Processo que envolve os estudantes

A UNE aderiu desde o último congresso a um novo formato eleitoral. Antes os delegados eram eleitos por curso. O processo é avaliado como um grande avanço para o movimento estudantil pelo envolvimento dos estudantes nas discussões ampliando o debate.

Em alguns momentos as entidade de base não conseguem fazer um debate mais geral e o congresso da UNE permite ao estudante a oportunidade de dialogar com questões que vão além da sua instituição de ensino.

Unidade para reconstruir a UEE

A UNE no Ceará nessa gestão conta com três diretores. No início da gestão, as articulações eram debatidas principalmente nas discussões sobre a jornada de luta, mas é preciso criar o espaço de diálogo e articulação para reconstruir a entidade histórica.

As bases do movimento estudantil, CA’s, DA’s e DCE’s, que precisam estar fortalecidas, devem discutir a importância da entidade para o crescimento político do Estado.

As forças políticas precisam unir forças para enfrentar o desafio, o momento é propício e a UEE é um instrumento de luta para os estudantes do Ceará e reforça o crescimento da rede do movimento estudantil.

Conferência Nacional de Educação

A UNE no Ceará levanta bandeiras que serão de fundamental importância para a Conferência Estadual de Educação, uma dela é as universidade estaduais, que tem problemas de ampliação, investimentos precários.

A UECE elaborou um projeto de expansão criando os cursos de Medicina e Psicologia, são considerados avanços, mas os estudantes sofrem com os problemas de assistência estudantil. A URCA e UVA estão bem atrás no que diz respeito à expansão.

No projeto de reforma universitária aprovado no CONEB na UNE esse ano, a entidade reivindica que as universidades que expandirem e não conseguirem se manter deverão ser federalizadas.

Outro ponto é a Reserva de Vagas nas Universidades Estaduais. O momento da CONAE é decisivo para definir um projeto de educação que tenha participação popular e as suas diretrizes apontem para a melhoria da educação com retorno para a sociedade brasileira.

Ívina Carla é estudante de Jornalismo da FaC e militante da UJS.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

1 Comentário:

  • Rudiney  
    28/04/2009 13:25

    É isso ai juventude cearense, é hora de muita luta e unidade, para que possamos avançar no nosso projeto de educação, que visa democratizar a Universidade radicalmente, o 51° Congresso da UNE e a I Conferência Nacional de Educação serão espaços decisivos para o Projeto de Educação que nós defendemos. Vamos mobilizar os DCE´s, CA´s, DA´s, Executivas de Cursos, ACES e Grêmios do nosso Estado para possamos contribuir para elaboração de um plano decenal de educação, que tenha uma visão emancipadora e transformadora da humanidade.
    Saudações estudantil!!!

    Rudiney de Souza
    Diretor da UNE e da Coordenação Estadual do Movimento da Unidade Vai NAscer a Novidade.

NORMAS DE USO DOS COMENTÁRIOS

Comentem as matérias, façam sugestões, elogios ou mesmo reclamações, troquem idéias, este é o lugar para opinar!

Os comentários não serão respondidos por email, só aqui mesmo; se quiser saber se alguém respondeu ao seu comentário, inscreva-se por email no Feed de comentários do artigo, ou então: VOLTE SEMPRE!

Obs.: Os comentários aqui exibidos não necessariamente refletem as opiniões do Blog.