Blog UJS Ceará

O blog de política da juventude cearense!

UNE e UBES em Brasília na luta pela sua sede  

44 anos após o incêndio, o mesmo Estado que destruiu a sede da UNE e da UBES tem agora o dever de recontruí-la
O ato, pela reconstrução da sede da UNE e da UBES realizado nesta quinta-feira (3), no Salão Nobre da Câmara dos Deputados, em Brasília, reuniu parlamentares de diversos partidos que reafirmaram seu apoio à luta dos estudantes pela volta para casa.

Estiveram presentes deputados federais de vários partidos. Todos reafirmaram a importância da UNE e da UBES como instrumentos fundamentais na construção e consolidação da democracia no Brasil.

"Aquele espaço é marcado por uma história de luta e resistência dos estudantes contra a ditadura militar. É símbolo de democracia e por isso queremos que o mesmo Estado que, num período de exceção democrática, incendiou e demoliu a sede das entidades, a reconstrua", disse a diretora de Relações Institucionais da UNE, Márvia Scardua.

O objetivo do ato é dar início à construção do prédio de 13 andares arquitetado por Oscar Niemeyer. Para isso, além de buscar apoio de líderes políticos e personalidades importantes de setores como cultura e educação, as entidades entregarão uma carta ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, que terá anexada uma lista com as assinaturas recolhidas no período de campanha pela reconstrução.

Photobucket

De volta pra casa

As entidades recuperaram recentemente o terreno onde funcionou sua antiga sede, na Praia do Flamengo, 132, no Rio de Janeiro, ocupando o lugar após uma grande passeata realizada em 1º de fevereiro deste ano. Os estudantes se mantiveram acampados ali e, posteriormente, venceram na Justiça a disputa contra um estacionamento ilegal que havia se apoderado do local.

Leia a íntegra da carta:

CARTA AO PRESIDENTE LULA

Brasília, abril de 2008.

Excelentíssimo Sr. Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva

Durante os 70 anos de vida da UNE e 60 da UBES, estas entidades sempre mantiveram altas as bandeiras da democracia, da liberdade, da defesa da educação pública e do Brasil. Começaram sem endereço fixo e conquistaram sua morada com ousadia quando, após uma série de manifestações, o presidente Getúlio Vargas doou a sede do então Clube Germânia, situado na Praia do Flamengo, 132 à UNE, em 1942.

O local rapidamente tornou-se referência para os estudantes do Rio de Janeiro e de todo o Brasil. A UNE e a UBES sofreram uma interrupção de tudo isso em 1º de abril de 1964. Um dos primeiros atos do novo regime instaurado nesta data foi incendiar a sede das entidades. Posteriormente, em 1980, o prédio foi definitivamente demolido por ordem expressa e assinada pelo então presidente João Figueiredo.

O mesmo Estado que, num período de exceção democrática, demoliu a sede das entidades , tem agora o dever de reconstruí-la. Devolver à UNE e à UBES o direito de voltar a se organizar a partir da Praia do Flamengo, 132 é rever a dívida histórica de toda a sociedade com os estudantes e a juventude brasileira e um dos atos simbólicos para superar definitivamente um período tão duro para o povo deste país.

É neste sentido que nós, parlamentares brasileiros, reivindicamos uma ação efetiva e imediata do Governo Federal no sentido de viabilizar a reconstrução da sede das entidades, através de um Projeto de Lei, Medida Provisória, ou qualquer outro instrumento que garanta a reparação dos danos históricos causados à organização dos estudantes brasileiros pelo Estado.


Fonte: Sítio da UNE

MATÉRIAS RELACIONADAS:

1 Comentário:

  • Anônimo  
    08/04/2008 12:54

    Olá.
    Meu nome é Nadini e eu escrevo as matérias para colocar no site da UJS (site Nacional).
    Gostaria de deixar o meu e-mail à disposição para eventuais matérias que vocês publiquem e queiram ver no site.

    nadiniujs@gmail.com

    Qualquer dúvida estou à disposição

    Nadini

NORMAS DE USO DOS COMENTÁRIOS

Comentem as matérias, façam sugestões, elogios ou mesmo reclamações, troquem idéias, este é o lugar para opinar!

Os comentários não serão respondidos por email, só aqui mesmo; se quiser saber se alguém respondeu ao seu comentário, inscreva-se por email no Feed de comentários do artigo, ou então: VOLTE SEMPRE!

Obs.: Os comentários aqui exibidos não necessariamente refletem as opiniões do Blog.